Com alta da inflação, consumo de carne na Argentina caiu 16%

Famosos pelas churrascarias, vastas fazendas de gado, churrascos e pela parrilla, os argentinos estão consumindo menos carne do que nunca, forçados a apertar os cintos pela inflação de três dígitos e por uma recessão. 

com alta da inflação, consumo de carne na argentina caiu 16%
com alta da inflação, consumo de carne na argentina caiu 16%

O consumo de carne caiu quase 16% neste ano até agora no país sul-americano, onde sempre foi uma parte essencial do tecido social, ao lado do futebol e do mate.

Muitas casas argentinas têm churrasqueiras em torno das quais as famílias se reúnem. Churrascarias estão espalhadas por Buenos Aires e as pessoas se juntam em churrasqueiras improvisadas para saborear a carne, mesmo em canteiros de obras ou protestos.

“Carne é uma parte integral da dieta argentina, é como se a massa desaparecesse para os italianos”, disse a aposentada Claudia San Martín, de 66 anos, à Reuters, na fila de um açougue.

Ela disse estar disposta a fazer cortes em outras compras, como produtos de limpeza, mas a carne é sagrada.

“Os argentinos podem eliminar qualquer coisa, eu acho, em momentos de dificuldade como este. Mas não podemos ficar sem carne”, afirmou.

Mesmo assim, dados mais recentes mostram que os argentinos neste ano estão comendo carne em uma taxa de cerca de 44 kg por ano, uma queda brusca de mais de 52 kg no ano passado e até 100 kg por ano na década de 1950.

Parte do declínio ao longo das décadas resulta de uma mudança de longo prazo para outras carnes, como porco e frango, além de produtos básicos mais baratos, como massas. Mas a queda deste ano foi impulsionada por uma inflação de quase 300% e uma economia estagnada, além das duras medidas de austeridade do presidente libertário Javier Milei.

A pobreza cresce, mais pessoas estão desabrigadas em grandes cidades e as filas aumentaram em refeitórios. Muitas famílias reduziram o consumo de produtos como carne, leite e vegetais. E dizem que ainda não conseguiram sentir os benefícios da desaceleração da inflação mensal.

“A situação neste momento é crítica. O consumidor está tomando decisões pensando apenas em seus bolsos”, disse Miguel Schiariti, presidente da câmara local de carnes, CICCRA, cuja expectativa é que o consumo de carne continue baixo. “O poder de compra das pessoas está enfraquecendo mês a mês”, lamenta.

Menos carne, mais massa

Nas terras agrícolas da província de Buenos Aires, criadores de gado estão sentindo o impacto.

“A queda em consumo é preocupante”, afirmou Luis Marchi, de 48 anos, engenheiro agrícola e terceira geração no comando do negócio da família, que produz grãos e gado.

“O consumo de carne está caindo bastante recentemente”, acrescentou, culpando a inflação e a crise econômica.

“Os consumidores tentam substituir bifes com alimentos mais baratos, outros tipos de carne ou massa.”

Com a queda do consumo local, as exportações cresceram, mas preços globais menores reduziram esse benefício aos agricultores. De longe, a principal compradora de carne argentina é a China, embora importe cortes mais baratos que não são utilizados domesticamente.

“O setor de exportação está passando por um momento muito difícil, embora continue exportando em grandes volumes. Os preços do mercado internacional caíram muito”, disse Schiariti.

Cortes mais baratos

Em seu açougue em Buenos Aires, onde trabalha há 40 anos, Gerardo Tomsin, de 61 anos, disse que as pessoas ainda compram carne bovina, mas estão sempre em busca de ofertas mais baratas.

"As pessoas continuam vindo, o problema é que elas consomem menos. Há pessoas que recorrem a outros produtos. É uma busca permanente por preços", disse ele.

Outro açougueiro, Dario Barrandeguy, de 76 anos, disse que as pessoas estão comprando os cortes mais baratos de carne bovina ou outras carnes mais baratas.

"O consumo de frango e carne de porco aumentou muito recentemente", disse.

Milei, um economista de livre mercado que se autodenomina anarcocapitalista, pôs fim ao congelamento dos preços da carne bovina pelo governo peronista anterior.

"As coisas se tornaram muito caras e, quando são tão caras, simplesmente não compramos", disse Facundo Reinal, professor de 41 anos, acrescentando que isso significa passar menos tempo socializando ao redor da churrasqueira

"Estamos vendo que, em geral, as pessoas estão fazendo menos churrascos, o que é uma parte fundamental da cultura aqui na Argentina."

Radioagência 22/06/2024 18:30

Aeroporto de Porto Alegre retoma embarque e desembarque em julho

Rádios 22/06/2024 18:00

Hyldon conta curiosidades sobre Chico Buarque

TV Brasil 22/06/2024 10:41

Previsão do tempo: rios passam da cota de alerta no RS

OTHER NEWS

2 hrs ago

Torcida do Palmeiras se divide na web sobre futuro de Marcos Rocha

2 hrs ago

Vídeo obtido por site mostra instante em que suspeito atira em Trump

2 hrs ago

Neemias em bom plano na estreia na Summer League

2 hrs ago

Alberto Fujimori será candidato à Presidência do Peru em 2026

2 hrs ago

Com um a mais, Chapecoense arranca empate na Arena Condá

2 hrs ago

Redes sociais viraram problema de saúde pública e precisam de regulamentação, diz ministro à CNN

2 hrs ago

Biden pede calma ao país depois de atentado contra Trump

2 hrs ago

Após derrota, Bellingham descarregou assim a raiva… (vídeo e fotos)

2 hrs ago

Oficial: Benfica 'amarra' promessa que não conheceu outro clube na vida

2 hrs ago

Por que motivo César Mourão e Júlia Palha chegaram à antestreia de novo filme num carro funerário? O ator responde!

2 hrs ago

Anota as 7 cores tendência que vão transformar as casas em 2025

2 hrs ago

IA Copilot do OneNote vai entender sua letra, mesmo se for horrível

2 hrs ago

Terminam amanhã as inscrições para Concurso Público da UNIFESP

2 hrs ago

Presidente do Zenit frustra planos do Flamengo em meio a interesse em Claudinho

2 hrs ago

Santos e Léo Baptistão chegam acordo sobre duração de contrato; confira

2 hrs ago

Colombianos invadem estádio da final da Copa América; veja imagens e detenções

3 hrs ago

Como aliviar dor nas costas: aprenda 4 macetes simples

3 hrs ago

De volta à elite na Itália, Como trabalha por 'pacote pesado' de reforços

3 hrs ago

Harry Kane lamenta perda da Eurocopa com a Inglaterra: 'Dolorido'

3 hrs ago

Santos recebe sondagens e define futuro de Morelos

3 hrs ago

Ídolo do Internacional defende Roger Machado como técnico: "Chegou a hora"

3 hrs ago

Di María titular no último jogo pela Argentina

3 hrs ago

Custou 80 milhões ao Arsenal e agora pode reforçar o Las Palmas

3 hrs ago

Videó: Nyugdíjas férfi motorizált dodgem-autót készít

3 hrs ago

Hirakawa celebra primeira vitória do Toyota #8 na temporada do WEC: “Fazia muito tempo”

3 hrs ago

Narrador confunde bandas na abetura da Eurocopa e web brinca: 'Quase morri'

3 hrs ago

Santos finaliza preparação para enfrentar o Ituano; veja provável escalação

3 hrs ago

Manchester City: Gigante alemão entra na disputa com a Juventus por Yan Couto

3 hrs ago

Palou vê Power cortar vantagem para 35 pontos em Iowa. Confira classificação da Indy

3 hrs ago

Hartley diz que mentalidade do Toyota #8 para 6 Horas de São Paulo foi “vitória ou nada”

3 hrs ago

Militantes fazem ato esvaziado contra Lula e Moraes e com exaltação a Trump

3 hrs ago

Agenda: confira os jogos de hoje, domingo, no futebol

3 hrs ago

Quarto Grand Slam de Alcaraz: a lista de todos os vencedores

3 hrs ago

Fruta-pão: Opiniões De Um Profissional De Nutrição, Riscos À Saúde E Muito Mais

3 hrs ago

Espanha-Inglaterra: o que os números nos dizem dos dois finalistas

3 hrs ago

Destaques de Inglaterra: os deuses do futebol não querem nada contigo, Harry Kane

3 hrs ago

Botafogo entra em disputa com o Fluminense e pode fechar com meio-campista

3 hrs ago

Fracasso de Harry Kane e título da Espanha divertem a web; confira os memes da final da Eurocopa

3 hrs ago

«Dei a medalha à minha mãe, nunca tinha visto um jogo meu»

3 hrs ago

Não foi milagre nem benção, esqueçam isso: Yamal, a revelação e o melhor jogador do Euro 2024

ALONGWALKER VIETNAM: Kênh khám phá trải nghiệm của giới trẻ, thế giới du lịch ALONGWALKER INDONESIA: Saluran untuk mengeksplorasi pengalaman para pemuda global