Entidades pedirão a reconstrução de monumento no Jacarezinho

the latest tech news, global tech news daily, tech news today, startups, usa tech, asia tech, china tech, eu tech, global tech, in-depth electronics reviews, 24h tech news, 24h tech news, top mobile apps, tech news daily, gaming hardware, big tech news, useful technology tips, expert interviews, reporting on the business of technology, venture capital funding, programing language

Organizações de direitos humanos repudiaram ação da Polícia Civil

Jacarezinho

© REUTERS/Alexandre Loureiro/Direitos reservados

the latest tech news, global tech news daily, tech news today, startups, usa tech, asia tech, china tech, eu tech, global tech, in-depth electronics reviews, 24h tech news, 24h tech news, top mobile apps, tech news daily, gaming hardware, big tech news, useful technology tips, expert interviews, reporting on the business of technology, venture capital funding, programing language

Após a derrubada, pela Polícia Civil, do monumento em homenagem aos 28 mortos na chacina do Jacarezinho, ativistas, vereadores e entidades ligadas aos direitos humanos repudiaram o ato e pedirão a reconstrução do memorial.

O advogado João Tancredo, representante das famílias de 14 vítimas, disse que não havia nenhuma decisão judicial ou administrativa para a retirada do monumento.

Global Tech News Daily

“Não pode ser o meu julgamento dizendo o que é ilegal e o que é legal. Eu tenho que ter uma resposta da justiça e se a justiça diz que é ilegal, eu tenho que tomar, como autoridade, providências. Não há ilegalidade nenhuma na colocação de um memorial às vítimas da chacina, lembrando que foi a mais letal do Rio de Janeiro”, disse.

O monumento foi inaugurado na sexta-feira passada (6), para homenagear as vítimas da Operação Exceptis, da Polícia Civil, ocorrida no dia 6 de maio do ano passado. A construção consistia em uma parede com cerca de 1,7m de altura e 1,5m de largura, pintada de azul, onde foram fixadas placas com o nome dos 28 mortos, incluindo o policial André Leonardo de Mello Frias. O memorial não atrapalhava a circulação de pedestres nem de veículos.

Global Tech News Daily

O memorial tinha uma placa com os dizeres: “Homenagem às vítimas da chacina do Jacarezinho. Em 06/05/2021, 27 moradores e um servidor foram mortos, vítimas da política genocida e racista do estado do Rio de Janeiro, que faz do Jacarezinho uma praça de guerra, para combater um mercado varejista de drogas que nunca vai deixar de existir. Nenhuma morte deve ser esquecida. Nenhuma chacina deve ser normalizada”.

Na tarde de quarta-feira (11), policiais civis entraram com blindados na comunidade, na zona norte do Rio de Janeiro, e derrubaram a pequena construção, após retirar as placas com pé-de-cabra e depois quebraram o memorial a marretadas. A polícia alegou que o monumento não tinha autorização da prefeitura e fazia apologia ao tráfico de drogas, além da fixação do nome do policial “junto com o nome dos traficantes” não ter sido autorizada pela viúva.

O advogado João Tancredo informou que se reunirá na próxima semana com entidades que atuam no Jacarezinho e com familiares das vítimas para discutir as ações necessárias para pedir a reconstrução do memorial.

“A gente tem que começar a dar um fim a isso, porque arbitrariedade não interessa a ninguém. Criminosos deve estar sujeito ao processo legal, e não à execução sumária. A autoridade tem homenageado muito escravocratas, ditadores, com monumentos e até vias públicas, e nega aos enlutados pela violência um espaço para lembrar seus mortos”, disse.

A vereadora Thais Ferreira se reuniu ontem (12) com representantes de organizações sociais e informou que irá propor um projeto de lei para a construção de um novo memorial, no mesmo local do que foi destruído.

“Esse memorial é para as famílias, para a gente ter essa dignidade humana do luto garantida para todas as pessoas. A gente também já estava fazendo um mapeamento, desde quando a chacina aconteceu, sobre a questão de como o Jacarezinho está entregando políticas públicas para crianças e adolescentes, já que a operação teve essa justificativa, de colocar o aliciamento de crianças e adolescentes como o motivo para que a operação acontecesse”, disse.

De acordo com Thais, presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da Câmara de Vereadores, o levantamento até agora aponta para a falta de políticas públicas voltadas para a infância e juventude. Ela adiantou que vai convocar uma audiência pública para debater a questão com os movimentos sociais e famílias de vítimas de violência do Jacarezinho.

De acordo com a secretária Municipal de Conservação, Anna Laura Freire, a prefeitura não teve conhecimento da construção do memorial e não foi consultada sobre a derrubada.

“A Secretaria de Conservação desconhecia esse monumento, nada passou por nós, não temos ciência de nada, nem de que foi colocado nem que a polícia retirou. Não temos nenhum acesso a isso, não sabemos de nada. Foi uma operação policial, nada tem a ver com a gente”, disse.

Repúdio

Entidades de direitos humanos se manifestaram em repúdio à destruição do memorial. A Comissão de Direitos Humanos e Assistência Judiciária (CDHAJ) da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Rio de Janeiro (OAB-RJ) lembrou que a operação na comunidade foi a mais letal registrada no estado e que 24 inquéritos para apurar as circunstâncias das mortes foram arquivados.

“O memorial propunha a crítica sobre o motivo de tantas pessoas morrerem, ao mesmo tempo em que reafirmava a obrigação do Estado na proteção do direito à vida e do devido processo legal. Ignorar esse fato e classificá-lo como apologia ao crime são iniciativas incompatíveis com o Estado democrático de direito”, disse.

Nota pública assinada pelo GT Interinstitucional de Defesa da Cidadania, composto por 11 entidades, entre elas o Ministério Público Federal, as defensorias públicas da União e do Estado do Rio de Janeiro, o Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura, o Fórum Grita Baixada e a Frente Estadual pelo Desencarceramento, destaca problemas nas investigações do caso Jacarezinho, com dez pontos críticos, incluindo o descumprimento de condenação do Brasil pela Corte Interamericana de Direitos Humanos no Caso Favela Nova Brasília. Na ocasião, foram mortas 26 pessoas, além de três mulheres, sendo duas menores de idade na época, terem sofrido abusos sexuais, em duas incursões policiais na comunidade do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, em outubro de 1994 e em maio de 1995.

“O ponto resolutivo nº 16 da sentença estabelece que todas as investigações de mortes, tortura ou violência policial devem ser conduzidas, diretamente, por um órgão independente e diferente da força policial envolvida no incidente e que eventual auxílio seja prestado por força policial, técnica e administrativa alheia ao órgão de segurança a que pertença o possível acusado. Assim, todo o material probatório produzido no âmbito do inquérito policial a cargo da Polícia Civil deveria ter sido considerado imprestável para a tomada de decisão sobre o início da persecução criminal”.

Mônica Cunha, integrante da Coalizão Negra por Direitos, disse que a destruição do memorial impede mães negras de exercerem um direito básico ao luto pela perda.

“A chacina do Jacarezinho veio mais uma vez comprovar, até pela proximidade do dia 13 de maio, que essa abolição não existiu, que essa liberdade ainda não é para nós, nós não somos um povo livre, ainda continuamos na luta, mais de 500 anos buscando esse aquilombamento e essa liberdade. Ter destruído essa homenagem é ter assassinado novamente todos os filhos dessas mulheres. O Estado arranca nossos filhos, dizima a nossa família e não deixa a gente ter o direito do luto e nem da memória”, disse.

News Related

OTHER NEWS

BNDES tem lucro líquido de R$ 12,9 bi no primeiro trimestre de 2022

Resultados foram apresentados pelo presidente do banco Read more »

BNDES tem lucro líquido de 32% no primeiro trimestre de 2022

Resultados foram apresentados pelo presidente do banco Read more »

Alcoólicos Anônimos só para mulheres tem impacto positivo

Dados são de estudo realizado por pesquisadores da USP Read more »

Plataforma gov.br oferece quase 5 mil serviços para os brasileiros

Serviços digitais dão economia de R$ 7 bilhões aos cofres públicos Read more »

Anvisa prorroga por 1 ano uso emergencial de vacinas contra a covid-19

Nesse prazo, empresas terão que pedir o registro sanitário definitivo Read more »

Empresa de fertilizantes do Marrocos vai ampliar atuação no Brasil 

Estatal pretende instalar unidade produtora de fosfato, diz ministério Read more »

Empresários paulistas contam com crédito sem juros para quitar dívidas

Recursos são do Programa Nome Limpo, do governo de São Paulo Read more »

Coluna - Dirigente crê em legado positivo da Surdolimpíada no Brasil

Presidente de comitê internacional vê país no radar de novos eventos Read more »

Caixa registra R$ 3 bilhões de lucro no primeiro trimestre

Valor é 3,8% menor do que o do mesmo período de 2021 Read more »

Anvisa autoriza serviço de bordo e mantém uso de máscaras em voos

Retirada da máscara para alimentação fica permitida Read more »

Philippe Coutinho troca Barcelona pelo Aston Villa por R$ 106 milhões

Meia-atacante da seleção brasileira seguira até 2026 com time inglês Read more »

Justiça inclui estudantes trans em lei de distribuição de absorventes

Decisão foi tomada por unanimidade em órgão especial do TJSP Read more »

Voluntários fazem a diferença na 24ª edição da Surdolimpíada no RS

Grupo reúne 280 ouvintes e surdos que interpretam Libras e Gestuno Read more »

Pré-candidatos podem iniciar vaquinha virtual a partir de domingo

Pedido de votos e propaganda eleitoral antecipada não serão permitidos Read more »

Lesionado, Fabinho desfalcará Liverpool na final da Copa da Inglaterra

Decisão de título contra o Chelsea será sábado (14), às 12h45 Read more »

Comprovante de vacinação agora pode ser acessado offline

Atualização do Conecte SUS permite salvar documento no smartphone Read more »

Congresso de educação apresenta proposta de escola mais inclusiva

Bett Educar segue até sexta, com oferta de palestras gratuitas Read more »

STF reconhece licença de 180 dias para servidor federal pai solo

Pela lei, servidores têm direito à licença-paternidade de 5 dias Read more »

Justiça do Rio decreta prisão do empresário Rei Arthur

Empresário é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva Read more »

SP monitora seis crianças internadas com sintomas de hepatite aguda

Segundo secretário, nenhuma delas precisou de UTI Read more »

Presidente do Senado diz que venda da Petrobras não está “no radar”

Pachedo defende discussão com entes federativos sobre o tema Read more »

Vendas de motocicletas sobem 14% em abril, na comparação com 2021

Resultado é 2,1% menor que o registrado em março Read more »

Senado aprova MP que prorroga incentivo fiscal à exportação

Matéria vai à sanção presidencial Read more »

Estados Unidos compartilharão tecnologias de vacina para covid-19

Biden pede mais recurso para contribuir com resposta global à pandemia Read more »

Deputado Daniel Silveira é multado novamente, agora em R$ 135 mil

É a segundo multa imposta por não cumprir medida cautelar Read more »

TSE e Spotify firmam acordo para combater desinformação nas eleições

Parceria vai até 31 de dezembro, após o fim do ciclo eleitoral Read more »

Goiás lança recadastramento digital para prova de vida

Medida vai beneficiar aposentados e inativos Read more »

Casos de SRAG continuam crescendo entre adultos, diz Fiocruz

Aumento de casos na tendência de longo prazo aparece em 17 estados Read more »

Casos de SRAG contiuam crescendo entre adultos, diz boletim da Fiocruz

Aumento de casos na tendência de longo prazo aparece em 17 estados Read more »

Consumo nos lares brasileiros cresce 2,59% no trimestre

Dados são da Associação Brasileira de Supermercados Read more »

Senado aprova MP que autoriza doação de vacinas contra a covid-19

Medida vai a promulgação nos próximos dias Read more »

Atual campeã, Bia Ferreira estreia com nocaute no Mundial de Boxe

Triunfo garante baiana nas oitavas contra chilena Bustamante Read more »

Programa Farmácia Popular ganha novo sistema para combater fraudes

Objetivo é aumentar rigor da fiscalização Read more »

Polícia Civil derruba monumento às vítimas da chacina do Jacarezinho

Obra foi erguida por movimentos sociais para marcar um ano da operação Read more »

Polícia Federal desativa garimpo ilegal em Ouro Preto

© Polícia Federal/Operação Alcatraz A Polícia Federal (PF) desativou um garimpo ilegal de ouro que funcionava clandestinamente no distrito de Antônio Pereira, no município de Ouro Preto, em Minas Gerais. ... Read more »

Google pagará veículos de mídia da União Europeia pelo uso de notícias

Ferramenta será lançada para facilitar assinatura de outros veículos Read more »

ONU afirma que guerra na Ucrânia gera preocupação com fome global

Para Guterrez conflito ameaça segurança alimentar no mundo Read more »

No Senado, diretor do FNDE fala sobre obras em creches e escolas

Mesmo com recursos, prefeituras não concluíram ou nem começaram obras Read more »

Congresso de educação debate caminhos para inclusão nas escolas

Inclusão digital também foi tema do maior congresso da América Latina Read more »

Empresa lança campanha de conscientização sobre mieloma múltiplo

Objetivo é alertar sobre importância do diagnóstico precoce da doença Read more »